Russian Imperial Stout (RIS)

A Russian Imperial Stout, ou RIS, teve como berço as Porter inglesas, cervejas produzidas pelos operários portuários e consumidas logo ao final do expediente como forma de recuperar as energias e se aquecer do longo inverno.

Stout significa forte e esta é uma característica essencial que difere das Porter.

Quando Catarina II fez sua viagem até a Inglaterra e pediu que fosse exportada para a sua corte a mesma bebida que experimentou no país, houve problemas na metade do caminho para a Rússia e a cerveja estragou.

Para resolver o problema, a cervejaria local Barclay Perkins criou um exemplar com mais álcool, lúpulo (para aumentar sua “validade”) e ligeiramente mais encorpada, agradando a corte russa e se tornando, oficialmente, a bebida dos nobres e ricos.